Monthly Archives: July 2013

Arroz doce de limão | Sweet lemon rice

Estar além fronteira do país de origem traz, muitas vezes, saudades de tudo um pouco.

Tentando esquecer as maravilhosas praias da costa portuguesa, hoje despertou o desejo pelo tradicional arroz doce, com um toque pessoal de limão, que faz toda a diferença.

Arroz doce de limãoarroz doce de limão (4)

  • 1 chávena de arroz especial para sobremesa
  • 1 litro de leite magro
  • 100 g de açúcar
  • 2 colheres de sopa de açúcar baunilhado
  • 2 gemas
  • casca de um limão
  • pau de canela
  • sal

Coza o arroz em água e um pouco de sal. Escorra a água.

Leve a ferver o leite com o açúcar, a casca de limão e o pau de canela. Junte o arroz cozido e deixe apurar cerca de 2 min. Retire do calor e adicione as gemas, previamente batidas, envolvendo rapidamente para que não cozam. Retire a casca de limão.

Coloque no recipiente desejado e polvilhe com canela e raspa de limão, se desejar.

Sirva frio.

arroz doce de limão (5)

arroz doce de limão (7)

arroz doce de limão (8)

 

“Há duas tragédias na vida: uma a de não satisfazermos os nossos desejos, a outra a de os satisfazermos.” – Oscar Wilde

Continue reading

Advertisements
Tagged , , , , ,

Creme de barrar “nutella” | Healthy “nutella” spread

Ai, esta mania persistente de querer tudo home made e saudável. A busca incessante pelo orgânico, natural, ao encontro das marcas de mercado, das embalagens rotuladas por n ingredientes e químicos. Para mim, e cada vez mais para a família, nada sabe tão bem como aquilo que se faz em casa, com sabedoria e consciência. Algumas pessoas tendem a evitar esta tendência de substituir as coisas boas, maravilhosas e deliciosas das grandes marcas, por coisas mais leves e saudáveis, porque “pecar de vez em quando não mata ninguém”. Concordo, assim como fazer essa substituição de vez em quando também nunca deixou ninguém desconsolado. Fica, então, aqui o desafio de fazer esta pequena mudança, de vez em quando:

Creme de barrar “nutella”DSCN3370

  • 3 abacates médios
  • 100 g de puré de tâmaras
  • 75 g de avelãs sem casca
  • 75 g de chocolate preto 75% cacau

Cortar o abacate a meio, retirar o caroço e a casca, cortar em bocados e desfazer com a varinha mágica.

Na misturadora, ralar as avelãs.

No microondas, derreter o chocolate durante 1 min.

Misturar tudo muito bem e está pronto a utilizar. Conserve no frigorífico, num recipiente fechado.

 

 

Embora o valor calórico seja aproximado, o valor nutricional não se compara.

DSCN3377

O sabor? Autêntico.

Continue reading

Tagged , , , , , , ,

Cannellonis de tofu e courgette | Courgette & tofu cannellonis

Época do tomate.

Impossível ficar indiferente à cor predominante nos mercados. Vermelho, vermelhão, vermelhinho. Das mais variadas formas, o tomate francês tem um sabor bastante orgânico e doce. Em geral, todos os legumes regionais são deliciosos.

Em dias de mercado, reabasteço o frigorifíco de cor. Desta vez, dando uso ao tomate e matando saudade de tofu, saiu:

Cannellonis de tofu e courgette

  • 200 g de tofuDSCN3348
  • 200 g de courgette
  • 1/2 abacate
  • 3 tomates
  • 1 cebola média
  • 3 dentes de alho
  • 1/2 sumo de limão
  • 1/2 copo de água
  • orégãos
  • sal
  • pimenta preta
  • 100 g de queijo Emmental

 

Ferva o tofu em água durante 5 min e escorra o excesso de água. Desfaça o tofu com um garfo ou na misturadora.

Rale a courgette grossamente e adicione ao tofu ralado.

Para juntar ambos os ingredientes e realçar o sabor, rale meio abacate com uma pitada de sal e pimenta preta. Envolva tudo muito bem e reserve.

O segredo da receita jaz no molho de tomate. Fácil e delicioso. Comece por picar uma cebola e os dentes de alho, adicione um fio de azeite, sumo de meio limão, os três tomates maduros cortados em pedaços pequenos e deixe refugar. Apimente a gosto, juntamente com sal e orégãos. Quando estiver a secar, adicione 1/2 copo de água e deixe cozinhar até obter uma polpa com alguns traços de tomate.

Sirva-se de 14 cannellonis, aproximadamente, para rechear. Com a ajuda de um saco de pasteleiro de maior abertura, ou simplesmente com as mãos e uma colher, vá colocando o preparado de tofu e courgette no cannelloni, até preenchê-lo totalmente. Repita o processo até acabar.

Num recipiente próprio para o forno, cubra o fundo com polpa de tomate. Disponha os cannellonis e regue com a restante polpa de tomate. Polvilhe com queijo Emmental e deixe cozer a 200ºC durante 30 min.

DSCN3351

DSCN3356

A presença do tomate sente-se pelo aroma da cozinha. No prato, nem se questiona.

Deliziare!

Tagged , , ,

Bolo de banana e aveia | Oatmeal & banana cake

Em domingos chuvosos, nada sabe tão bem quanto um bom filme, um delicioso bolo e um chá aromático. Tudo reunido, no conforto do lar e da família, entre palavras e afetos, resulta uma tarde bem passada. Com um chá verde e jasmim, combina:

 

Bolo de banana e aveia037

  • 4 ovos
  • 100 mL de óleo de girassol bio
  • 1 iogurte natural
  • 1 chávena de puré de banana
  • 1 chávena de aveia em flocos
  • 150 g de açúcar
  • 250 g de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de canela moída

 

 

 

Separe as claras das gemas e bata em castelo. Reserve. Bata as gemas com o açúcar até formar uma pasta homogénea, junte o óleo, o iogurte e o puré de banana. Misture bem durante 2 minutos. Adicione os flocos de aveia e as claras. Mexa, lentamente. Por fim, adicione a farinha, preparada com o fermento e a canela e bata tudo durante 2 minutos. Pode optar por revestir com papel vegetal ao invés de margarina e farinha. Verta o conteúdo e pulverize com flocos de aveia. Levar a cozer cerca de 40 min a 180ºC.

 

033Fatia atrás de fatia, o sujeito vai desaparecendo. De consistência fofa e húmida, foi vítima no seio  de três gulosos. Afinal, tudo tem outro sabor se for partilhado, especialmente quando há, como fundo, a chuva forte batendo nas portadas. Uma trinca e um arrepio quente.

Continue reading

Tagged , ,

Pizza de vegetais | Veggie pizza

Aqui em casa, não há pizza para quem não pratique exercício físico, embora esta versão seja eternamente saudável.

Depois das mãos na massa, toca a montar o estaminé e o circuito, enquanto a massa leveda. Truques eficazes para viver cada segundo. A família reclama mas acaba por agradecer. Afinal, são tudo desculpas a esconder preguiça. Meninos, a vontade e a conquista devem ser sempre motivo de orgulho.

É sempre uma enorme satisfação levar as pessoas até à meta, da melhor ou pior maneira. E quem luta, merece prestígio.

Ao sacrifício:

Pizza de vegetais

Massa

  • 300 g de farinha de trigoDSCN3265
  • 150 mL de água morna
  • 15 g de fermento de padeiro
  • pitada de sal

Recheio

  • molho de tomate
  • 100 g de espinafres
  • 6 cogumelos médios
  • 100 g de azeitonas
  • 1 pimento vermelho pequeno
  • 1/2 cebola
  • 100 g de queijo Emmental

Para preparar a massa, dissolva o fermento de padeiro num pouco da quantidade de água a usar. Num recipiente, coloque a farinha e o sal. Adicione a água lentamente, mexendo com uma colher de pau. Juntar o fermento e envolver bem, formando uma bola. Deixar levedar durante 45 min num local húmido e quente. Sugestão: aqueça um copo de água no microondas durante 1 minuto. Dessa maneira, criará o ambiente ideal para a massa levedar.

page1

Para preparar o molho, leve 3 tomates maduros juntamente com uma cebola picada, salsa e sal a gosto ao fogão, até formar o molho.

Entretanto, passe todos os legumes por água. Corte os cogumelos em lâminas, a cebola e o pimento. Retire o caroço das azeitonas.

Quando a massa estiver pronta, polvilhe uma mesa com farinha e amasse de um lado e do outro, até atingir a altura pretendida.  Forme o desenho desejado na massa e faça pequenos furos com um garfo.

Espalhe o molho de tomate, disponha uma cama de espinafres e, por cima, outra de cogumelos. Distribua as azeitonas, a cebola em rodelas e o pimento vermelho. Por fim, cubra tudo com o queijo ralado.

Leve ao forno a 200ºC, durante 20/30 min.

DSCN3278

DSCN3282

Merecida!

Continue reading

Tagged , ,

Clafoutis de pêssego | Peach clafoutis

É o chamamento local.

Por terras francesas, porque não experimentar a gastronomia tradicional? Porque não dar um banho quente aos frutos da época?

Il y a tant de saveurs de quoi rester optimiste!

 

Clafoutis de pêssegoDSCN3239

  • 3 ovos
  • 90 g de açúcar
  • 8 g de açúcar baunilhado
  • 100 g de farinha de trigo
  • 200 ml de leite magro
  • 200 ml de natas 5% m.g.
  • 4 pêssegos
  • licor de pêssego

 

Cortar os pêssegos aos quadrados, cobrir com licor de pêssego e deixar marinar.

Bater os ovos com o açúcar, adicionar o leite, as natas e, por fim, a farinha.

Em ramequins, colocar o pêssego marinado no fundo e cobrir com o preparado.

Levar a cozer no forno a 180ºC durante 30/40 min.

Servir morno ou fresco.

 

É sempre melhor ser optimista até ao fim, não me parece muito útil ser outra coisa. Contudo, um optimista nunca sabe o que lhe espera…

Et voilá!

page

page

Continue reading

Massa cremosa de espinafres | Creamy spinach pasta

“Quem vive de esperanças morre em jejum” – Benjamin Franklin

Hoje não é o dia. Mas como o fim da esperança é o começo da morte, vou continuar a acreditar, até porque não faz pó.

Mesmo quando não parece haver esperança, controlo o ritmo cardíaco e as sínapses e os recursos aparecem. Devagar, devagarinho…

Aludindo ao sucedido, acabo o dia por alimentar a minha esperança de verde e de sabor.

Massa cremosa de espinafres137

  • 200g de massa
  • 200g de espinafres
  • 1/2 abacate (maduro)
  • 1/2 sumo de limão
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 2 dentes de alho
  • salsa
  • sal
  • pimenta preta

 

 

 

Cozer a massa al dente. Ao mesmo tempo, cozer os espinafres durante 5 min.133

Enquanto isso, na misturadora da varinha mágica, colocar meio abacate cortado em pequenos quadrados, o sumo de meio limão, a salsa picada, o azeite, o alho picado e o sal e a pimenta preta a gosto. Misturar tudo até obter um creme.

Escorrer a massa e os espinafres.

Transferir a massa para uma recipiente e reservar.

Juntar os espinafres ao creme obtido e misturar, uma vez mais, até desfazer os espinafres.

Adicionar, finalmente, à massa e envolver tudo.

 

 

Fico na esperança que gostem. A mim levitou-me o espírito, sem dúvida.

Tagged , , , , ,

Bolo de cenoura e côco | Coconut & carrot cake

Quem não é sensível a uma doce surpresa em dias menos bons? Melhor, quem não fica contente por conseguir arrancar um sorriso de quem se ama e, de imediato, mudar o ambiente negativo? É bi-confortante. Aquele lapso de tempo em que o sangue não circula durante centésimas de segundo, após a perceção de um gesto mimoso, e logo depois aquece com o calor de um abraço.

Mãe, este é para ti, porque há sempre luz ao fundo do túnel.

DSCN3076

Bolo de cenoura e côco

  • 6 ovos biológicos
  • 6 cenouras biológicas pequenas
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de farinha de trigo
  • 100 g de farinha Maizena
  • 1 iogurte natural biológico
  • 150 ml de óleo de girassol
  • 100 g de côco ralado
  • 1 colher de sopa de fermento químico

Cobertura

  • 200 ml de natas light
  • 100 g de côco ralado
  • 50 g de açúcar

Quando confeciono qualquer coisa, gosto de preparar tudo previamente. Neste caso, é possível fazer as medições e reservar de lado. Uma chamada de atenção para a junção dos dois tipos de farinha com o fermento num mesmo recipiente, tudo bem misturado.

Em recipientes diferentes, separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo. Reservar.

Descascar as cenouras e ralar finamente.

Bater as gemas com o açúcar até formar um creme.

Juntar o iogurte, o óleo, a cenoura ralada e o côco ralada. Bater em baixa velocidade durante 2 minutos.

Adicionar as claras em castelo e, finalmente, a farinha. Bater bem durante 3 minutos.

Ligar o forno a 200ºC.

Untar uma forma com margarina vegetal e farinha.

Verter o conteúdo do bolo para a forma e levar a cozer durante cerca de 45 min, a 180ºC. Fazer o teste do palito.

Para a cobertura, precisa apenas de bater as natas frescas durante 5 min, adicionar o côco ralado e o açúcar e voltar a bater bem até que a mistura fique homogénea.

Quando o bolo arrefecer, espalhe a cobertura no topo.

Devo dizer que fiquei fascinada com o resultado: um bolo suave, húmido, saboroso, que satisfaz até à última garfada da fatia mais grossa. Aconselho a servir frio e, claro está, com carinho.

  DSCN3074DSCN3086

Continue reading

Tagged , , ,

Potes de meloa e iogurte | Cantaloupe melon and yogurt little pots

Típica família portuguesa que guarda sempre dois buracos no estômago para uma dose dupla de sobremesa. Não é fácil controlar o valor nutricional e o pecado de tal coisa. Portanto, hoje decidi combinar algo fresco, simples, nutritivo e diferente para matar o bichinho do doce.

Típico dom de fazer compras inteligentes. Meloa, meloa e mais meloa. Mil e uma ideias, mas apenas um resultado em 10 minutos.

Potes de meloa e iogurte page

  • 1 iogurte natural/soja
  • 3 fatias finas de meloa
  • 1 fatia grossa de meloa
  • canela (opcional)

Cortar as fatias finas em pequenos pedaços e distribuir por 3 potes.

Dividir o iogurte na mesma razão em cada pote (cerca de duas/três colheres de chá).

Cortar a fatia grossa em pedaços e triturar com a varinha mágica. Colocar um papel de filtro adequado num recipiente à medida e verter o líquido, pouco a pouco, de modo a obter apenas a polpa da meloa. O sumo do fruto ficará no recipiente, pelo que pode aproveitá-lo.

Para finalizar, colocar a quantidade de uma colher de sopa da polpa de meloa como topping.

Pulverizar com canela, se desejar.

Servir e degustar fresco, fresquinho. O bichinho do doce agradece! Continue reading

Tagged , , ,

Pão Pita integral com rebentos de soja | Whole wheat Pita bread with mung bean sprouts

Deitar cedo e cedo erguer, dá saúde e faz o dia render.

Uma das razões que me fazem sentir grata por viver em Lyon é existir, todos os dias, mercados de rua em qualquer ponto da cidade. Hoje foi dia de sair de casa cedo em busca de frutas e legumes frescos, aleatoriamente. Só quando regresso com o cesto cheio é que começo a magicar algo para impressionar a família. E não é que o espanto é diário e positivo?

Hoje gratifico-a com:

ImagemPão Pita integral com rebentos de soja

  • 200 g de rebentos de soja
  • 1 cebola
  • 3 rabanetes (opcional)
  • 1 colher de sopa de óleo de girassol
  • 1 colher de sopa de vinagre de maçã
  • sal
  • orégãos
  • pimenta preta
  • 3 pães Pita integrais

Cortar a cebola ao meio e em semi-círculos. Dispôr as rodelas numa frigideira.

Lavar os rebentos de soja e colocar na frigideira. Lavar os rabanetes e cortá-los em finas rodelas. Adicionar ao preparado anterior. Por fim, juntar sal, orégãos e pimenta preta a gosto.

Saltear em lume brando.

Enquanto isso, preparar os pães conforme indicado na embalagem.

Desligar o fogão quando o preparado atingir o seu ponto desejado. Rechear os pães. Servir.

Continue reading

Tagged , , , , , ,