Category Archives: Cake

Brownie de chocolate com coulis de morango | Chocolate brownie with strawberry coulis

O amor nunca vem tarde. Na verdade, está sempre presente. Longe ou perto, dia ou noite, a luz não se apaga, o caminho continua iluminado mas tu continuas na rota da dúvida, moendo a alma com fantasias, alimentando o coração, a vapor, com sonhos e respirando memórias abafadas. Acreditas que o tempo vai abraçar sempre esta distância e não deixar que ocorram fugas de sentimentos, porque tudo o que é forte prevalece independemente das ocasiões. Não importa quão árdua será a demora mas, embora sem saber quando te vá bater na porta para cruzar a linha da meta tão desejada e longínqua, esperar por ti tem um gosto especial. Até lá, vou continuar a nomear-te na minha lista de desejos e a ouvir os ecos da tua doce e sábia voz.

Um pouco atrasado, lancei-me na prática de um desejo com o teu nome adjacente e devo dizer que, para além de ter o sabor fundido do teu imaginário prazer, tem o aroma de um amor puro. Foi tão simples de o concretizar como imaginar o teu beijo com gosto a…

Brownie de chocolate com coulis de morango

  • 500 mL de leite de sojaDSCN0903
  • 100 mL de néctar de agave
  • 200 g de chocolate preto
  • 200 g de farinha de trigo
  • 50 g de amêndoa em pó
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
  • 250 g de morangos
  • 50 g de açúcar
  • sumo de 1/2 limão

 

 

Misture o nectar de agave com o leite de soja. Noutro recipiente, misture os ingredientes secos e adicione-os à mistura líquida. Por fim, derreta o chocolate em banho maria e adicione. Mexa bem até obter uma massa homogénea.

Leve a massa a cozer durante 20 min, a 180ºC, numa forma retangular forrada com papel vegetal.

Enquanto isso, prepare o coulis. Lave bem os morangos e corte em pequenos pedaços. Coloque-os num tacho, juntamente com o açúcar e deixe cozer em lume brando, até começar a perder a forma. Nesse momento, adicione o sumo de limão e deixe cozer mais 5 min, até não haver pedaços visivéis. Retire do lume e passe com a varinha mágica até obter uma polpa. Coloque de lado a arrefecer.

Uma vez que o brownie esteja cozido, pode servir quente, morno ou frio, acompanhado pelo coulis de morango fresco.

DSCN0893

 

DSCN0890

Espera, até podes deixar arrefecer… Mas não há-de ser em vão.

Advertisements
Tagged , , , ,

Bolo de chocolate e morango | Strawberry chocolate cake

Faz tempo em que não me dedico à página. Sim, à página. Estar ausente do blog não significa que não pense todos os dias numa tentativa culinária e que não passe um dia sem tocar num utensílio de cozinha. Continuo a pensar, a procurar, a tentar, a falhar e a impressionar paladares, aqui e acolá.

Depois de pisar o meu país, de recomeçar a conectar-me com amigos, família e pessoas desconhecidas, foi difícil dedicar-me a este espaço. Contudo, agora em tempo de aulas, a rotina é diferente, os hábitos são outros e as ocupações também. Daqui em diante, tentarei dar mais uso ao que tanto gosto me dá fazer: cozinhar e partilhar.

Como habitual, cozinho em forma de agradecimento, aconchego ou curiosidade.  Na minha mais querida estadia de férias, cozinhava todos os dias para os meus acolhedores amigos, quase já família. Certo dia, em tema de conversa sobre as minhas preferências por sobremesas, o ambiente tornou-se curioso e guloso. Entre frutas e doces, a conversa desenrolou no sentido de um desejo amigo pela combinação de chocolate com morango. Cabeça a funcionar, ideias a tecer e mãos à obra.

Bolo de chocolate e morango

  • 8 ovos caseiros106
  • 2 iogurtes de soja de morango
  • 1/2 chávena de óleo vegetal
  • 1 chávena de cacau em pó magro
  • 1 chávena de açúcar
  • 2 chávenas de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento químico em pó
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

 

  • 100 g de chocolate preto
  • 100 mL de creme de soja

 

Comece por separar os ovos. Bata as claras em castelo e reserve.

Misture o açúcar com as gemas e bata até formar uma pasta. Junte os iogurtes e o óleo e envolva bem.

Alternadamente, vá adicionando as claras em castelo e a farinha, já misturada com o bicarbonato de sódio e o fermento.

Quando ambos os ingredientes acabarem, junte o cacau e envolva bem.

Numa forma, unte margarina ou azeite e farinha e leve a cozer ao forno pré-aquecido a 180ºC durante 45 min.

Verifique a cozedura com o teste do palito.

Enquanto o bolo arrefece, prepare a cobertura. Leve ao fogão o chocolate partido em pedaços juntamente com o creme de soja, mexendo sempre até formar o creme de chocolate. Deixe repousar um pouco.

Quando o bolo se encontrar frio, cubra-o com o creme de chocolate e decore a gosto com morangos.

114

Amor com amor se paga. Um grande obrigada, de coração quente.

 

Tagged , , , , , ,

Bolo de iogurte, limão e framboesa | Raspberry, lemon & yogurt cake

Preparem-se: emotional eating week resume o que virá daqui em diante.

Para finalizar as minhas “férias” em casa familiar e por terras francesas, não podia ser, uma vez mais, num ambiente hospitalar e repleto de emoções, histórias, partilha e aprendizagem. (In)felizmente, o caso tem de ser tratado em tal medida. Não é bom, de todo, passar umas férias tristes e monótonas assim, mas começo a aprender que por trás disto tudo estão experiências pessoais de pessoas eventualmente sãs, agora vistas de maneira diferente entre a sociedade e entendidos médicos especialistas, das quais devo absorver o máximo para me encaminhar na vida e não cair no mesmo abismo. Apesar de serem pessoas espiritualmente absorvidas pelo seu mundo, tenho um carinho especial e enorme por todas elas. Partilho da minha força, palavras e sorriso para aquecer os seus corações, tanto quanto possível. Em troca recebo expressões inigualáveis: olhares amadores, sorrisos enlevados, abraços cordiais e as fadas e os anjos descem à terra, em torno de nós, e deixam-nos num ambiente envolvente de cortesia. Não existe analogia possível. Em poucas horas, a terapia emocional e existencial acaba por verter para ambos os lados: eles e eu. Entro uma, saio outra. Entro e vejo rostos deprimidos e corpos rastejantes, saio iluminada por pés bem assentes no chão e beijos delicadamente inocentes e doces.

No primeiro dia em que decidi levar um mimo reconfortante para cada um – diga-se docinho – foi uma agradável surpresa. No segundo, nem queriam acreditar que alguém pudesse ser amável ao ponto de se lembrar deles, uma vez mais (muitos não têm visitas familiares nem amigáveis, estão isolados tempo indefinido). Hoje, já está definida a hora da terapia alimentar. Chego com o saco cheio, saio sem uma migalha.

“Qu’est ce qui à aujourd’hui, ma belle mademoiselle?”

Bolo de iogurte, limão e framboesa

  • 4 ovos biológicos
  • 1 iogurte natural biológico ou de sojaDSCN3927
  • 1 1/2 potes de iogurte de açúcar
  • 2 potes de iogurte de farinha de trigo
  • 1/4 pote de iogurte de óleo de girassol
  • 1/4 pote de iogurte de sumo de limão
  • raspa de um limão
  • 2 colheres de sopa de fermento químico em pó
  • 2 colheres de sopa de açúcar baunilhado ou aroma de baunilha
  • 50 g de framboesas

 

 

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e reserve.

Para medir os ingredientes, transfira o iogurte para um recipiente. Bata as gemas com o açúcar, junte o iogurte, a raspa e o sumo do limão e o óleo de girassol. Envolva bem. Comece por juntar, alternadamente, um pouco de claras e um pouco de farinha já com o fermento envolvido, até finalizar.

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Unte uma forma com margarina vegetal e farinha e verta o conteúdo para a forma, deixando cerca de 1/4 de massa. Rale as framboesas com a varinha mágica e junte à massa do bolo. Envolva bem até formar uma massa rosa-magenta homogénea.

Com cuidado, faça duas circunferências concêntricas na massa já dentro da forma. Assim, criará o efeito da camada de framboesa, que se deposita no fundo.

Leve a cozer por 30/45 min. Faça o teste do palito. Retire do forno ainda morno.

 

Quando fatiei o bolo, parei no tempo por um segundo a tentar absorver e decifrar que tipo de textura seria aquela. O aroma estava fortemente presente, isso é certo. Mas quanto à textura… Foi uma surpresa. Quando menos se espera, as coisas acontecem. Um aspeto fofo e húmido, colorido, com todos os sabores realçados. Lindo para os meus meninos.

DSCN3934

 

 

Sabem? Pelo que vejo: conforta e cura.

Amanhã há mais, com certeza.

 

page3

Tagged , , , , ,

Bolo de banana e aveia | Oatmeal & banana cake

Em domingos chuvosos, nada sabe tão bem quanto um bom filme, um delicioso bolo e um chá aromático. Tudo reunido, no conforto do lar e da família, entre palavras e afetos, resulta uma tarde bem passada. Com um chá verde e jasmim, combina:

 

Bolo de banana e aveia037

  • 4 ovos
  • 100 mL de óleo de girassol bio
  • 1 iogurte natural
  • 1 chávena de puré de banana
  • 1 chávena de aveia em flocos
  • 150 g de açúcar
  • 250 g de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de canela moída

 

 

 

Separe as claras das gemas e bata em castelo. Reserve. Bata as gemas com o açúcar até formar uma pasta homogénea, junte o óleo, o iogurte e o puré de banana. Misture bem durante 2 minutos. Adicione os flocos de aveia e as claras. Mexa, lentamente. Por fim, adicione a farinha, preparada com o fermento e a canela e bata tudo durante 2 minutos. Pode optar por revestir com papel vegetal ao invés de margarina e farinha. Verta o conteúdo e pulverize com flocos de aveia. Levar a cozer cerca de 40 min a 180ºC.

 

033Fatia atrás de fatia, o sujeito vai desaparecendo. De consistência fofa e húmida, foi vítima no seio  de três gulosos. Afinal, tudo tem outro sabor se for partilhado, especialmente quando há, como fundo, a chuva forte batendo nas portadas. Uma trinca e um arrepio quente.

Continue reading

Tagged , ,

Bolo de cenoura e côco | Coconut & carrot cake

Quem não é sensível a uma doce surpresa em dias menos bons? Melhor, quem não fica contente por conseguir arrancar um sorriso de quem se ama e, de imediato, mudar o ambiente negativo? É bi-confortante. Aquele lapso de tempo em que o sangue não circula durante centésimas de segundo, após a perceção de um gesto mimoso, e logo depois aquece com o calor de um abraço.

Mãe, este é para ti, porque há sempre luz ao fundo do túnel.

DSCN3076

Bolo de cenoura e côco

  • 6 ovos biológicos
  • 6 cenouras biológicas pequenas
  • 200 g de açúcar
  • 200 g de farinha de trigo
  • 100 g de farinha Maizena
  • 1 iogurte natural biológico
  • 150 ml de óleo de girassol
  • 100 g de côco ralado
  • 1 colher de sopa de fermento químico

Cobertura

  • 200 ml de natas light
  • 100 g de côco ralado
  • 50 g de açúcar

Quando confeciono qualquer coisa, gosto de preparar tudo previamente. Neste caso, é possível fazer as medições e reservar de lado. Uma chamada de atenção para a junção dos dois tipos de farinha com o fermento num mesmo recipiente, tudo bem misturado.

Em recipientes diferentes, separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo. Reservar.

Descascar as cenouras e ralar finamente.

Bater as gemas com o açúcar até formar um creme.

Juntar o iogurte, o óleo, a cenoura ralada e o côco ralada. Bater em baixa velocidade durante 2 minutos.

Adicionar as claras em castelo e, finalmente, a farinha. Bater bem durante 3 minutos.

Ligar o forno a 200ºC.

Untar uma forma com margarina vegetal e farinha.

Verter o conteúdo do bolo para a forma e levar a cozer durante cerca de 45 min, a 180ºC. Fazer o teste do palito.

Para a cobertura, precisa apenas de bater as natas frescas durante 5 min, adicionar o côco ralado e o açúcar e voltar a bater bem até que a mistura fique homogénea.

Quando o bolo arrefecer, espalhe a cobertura no topo.

Devo dizer que fiquei fascinada com o resultado: um bolo suave, húmido, saboroso, que satisfaz até à última garfada da fatia mais grossa. Aconselho a servir frio e, claro está, com carinho.

  DSCN3074DSCN3086

Continue reading

Tagged , , ,